Reforma trabalhita foi aprovada por 16x 9 na CCJ do Senado

O governo Temer conseguiu ontem a noite outra vitória aplastante no Senado, desta vez na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que aprovou nesta quarta-feira, por 16 votos a favor, 9 contrários e uma abstenção, o relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR) favorável à reforma trabalhista. Os debates sobre a reforma na comissão começaram pouco depois das 10h com a leitura dos seis votos em separado.

A reforma irá para o plenário, onde será votada no dia 5 de julho.

Para garantir a aprovação, o presidente Michel Temer encaminhou aos senadores uma carta na qual reafirmou seu compromisso de vetar seis pontos acordados previamente por Jucá com os senadores da base aliada.A regulamentação desses pontos será feita posteriormente por meio de medida provisória. Entre os vetos sugeridos está o tratamento da gestante e do lactante em ambiente insalubre.

CLIQUE AQUI para saber quais os demais pontos que serão alterados por MP de Temer.

Temer indica raquel Dodge para o lugar de Rodrigo Janot na chefia da PGR

O presidente Michel Temer acaba de anunciar a indicação de Raquel Dodge para a chefia da Procuradoria Geral da República.

Elafoi a segunda colocada na lista tríplice escolhida pelos procuradores federais.

Raquel substituirá Rodrigo Janot a partir de 17 de setembro.

Ela não era candidata de Janot.

Guerra aberta entre JBS+PGR+Fachin x governo Temer. faz primeira vítima: Joesley é internado no Einstein

A outra queda do dia foi política, a do senador Renan Calheiros, que também traiu Temer.

O dono da JBS, Joesley Batista, foi internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. O blog O antagonista, que passou a notícia há pouco,  motivo não foi revelado nem pelo centro médico nem pela assessoria da JBS.


Ontem, ele já havia dado entrada no hospital, após sentir fortes dores nas costas.

Joesley não parece resistir à guerra aberta entre JBS+PGR+Fachin x governo Temer.

Artigo, José Eduardo Faria, Estadão - A tradição como argumento de defesa

Para quem invoca essa ideia, não há fronteira entre o legal e o ilegal, o moral e o imoral

Conjugadas com o que tem sido confessado com ar de superioridade e de modo finório por empreiteiros e empresários em suas delações premiados, revelando como corromperam políticos e compraram medidas provisórias com o objetivo de definir os marcos jurídicos das áreas em que atuam, as tentativas de anistiar parte do mundo político e colocar o Congresso como contraponto à Procuradoria-Geral da República e à Justiça Federal dão a medida do grau de deterioração das instituições. Dentre os problemas daí decorrentes, dois merecem destaque.


O primeiro diz respeito ao impacto político e jurídico de uma eventual revisão da decisão do STF que autoriza a prisão de quem foi condenado em segunda instância, obrigando-o assim a recorrer aos tribunais superiores de dentro de uma cela.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Governo piora previsão e admite que PIB crescerá menos de 0,5%

Estimativa inicial era de 1%, foi reduzida a 0,5% e agora deve cair de novo. O novo número está de acordo com as projeções do mercvado.

De qualquer modo, o crescim,ento determina o fim da recessão cruel deixada pelo governo Dilma, a pior da história.

Lamachia influenciou OAB do Rio no caso Marcelo Miller

Foi o próprio Claudio Lamachia, presidente da OAB, que estimulou a seccional do Rio de Janeiro a abrir inquérito para investigar a conduta do ex-procurador Marcelo Miller.

Miller saiu diretamente da entourage de Rodrigo Janot para a banca de advogados que defende a JBS.

Ele foi citado e acusado por Michel Temer na terça-feira a tarde.

O ex-procurador,ex-braço direito e amigo de Rodrigo Janot, está ignorando a Emenda Constitucional 45, de 2004, que resultou no Parágrafo 6º do Artigo 128 da Constituição, a saber:
§ 6º Aplica-se aos membros do Ministério Público o disposto no art. 95, parágrafo único, V.

Eis o que diz o inciso:
“Aos juízes é vedado:
exercer a advocacia no juízo ou tribunal do qual se afastou, antes de decorridos três anos do afastamento do cargo por aposentadoria ou exoneração.”

Como se sabe, Marcelo Miller está exercendo a advocacia junto ao Ministério Público Federal, o correspondente do “tribunal do qual se afastou”.

Lasier (PSD) pede aprovação da reforma trabalhista com ajustes

O senador Lasier Martins (PSD) apresentou seu voto em separado para a reforma trabalhista e, ao contrário dos demais senadores, o parlamentar gaúcho pede a aprovação da reforma, mas com cinco ajustes. No documento entregue à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o senador faz apelo aos colegas para que o Senado cumpra o papel de "Casa revisora".

"A Constituição Federal, no seu artigo 65, estabelece que o projeto de lei aprovado por uma Casa será revisto pela outra. Havendo discordância em relação à proposição, a Casa revisora pode e deve realizar as modificações que entender necessárias para o seu aperfeiçoamento ou simplesmente rejeitá-la, conforme o caso", disse o senador durante a leitura do voto na CCJ, que, durante boa parte do tempo, contou apenas com a presença de Lasier e da senadora Lidice da Mata (PSB-BA), além do presidente da comissão Edison Lobão.

Gilmar Mendes critica acordo de colaboração premiada da JBS

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), fez críticas nesta quarta-feira, ao acordo de colaboração premiada firmado entre a Procuradoria-Geral da República (PGR) com os irmãos Joesley e Wesley Batista e executivos da holding, que inclui a JBS.

"O Ministério Público acaba de isentar os delatores de responderem a processo. Que tipo de investigação usará para provar o contrário? Repito, como se pretende avaliar se Joesley é líder da organização criminosa?", questionou Gilmar Mendes, em sessão do STF que retoma as discussões sobre acordos de delação premiada.

"Que tipo de investigação usará para provar o contrário? E se for ele (Joesley) o líder (da organização criminosa), qual a consequência?", completou Gilmar, que aproveitou o julgamento para fazer novas críticas à atuação dos procuradores.

Portal Terra encerra operações na América Latina, menos no Brasil

Um dos pioneiros da internet na América Latina, o portal Terra vai encerrar suas operações esta semana em sete países. 

A partir das 23h59min do dia 30 de junho, o Terra deixará de operar na Argentina, Chile, Colômbia, México, Peru, Venezuela e Equador.

Fachin vai enviar denúncia contra Temer direto para Câmara

CLIQUE AQUI para ler o despacho de Fachin.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin decidiu que vai enviar direto para a Câmara dos Deputados a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer. O teor da decisão ainda não foi divulgado.

A formalidade deve ser cumprida pela presidente do STF, Cármen Lúcia. Não há prazo para o envio.

Oi terá capitalização de R$ 8 bilhões

O comitê estratégico da Oi – composto por menos integrantes do que o conselho diretor, mas com a representatividade dos dois principais controladores, Pharol e Société Mondiale, além de outros representantes e da diretoria – aprovou hoje um plano de capitalização da empresa, dinheiro novo, que deverá ser direcionado para investimentos na combalida infraestrutura da operadora.


Serão R$ 8 bilhões no total. Uma parte será aportada antes do fim da recuperação judicial . E o restante em até três anos.

FGV: Confiança da indústria cai 2,8 pontos em junho

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) caiu 2,8 pontos em junho ante maio, alcançando 89,5 pontos, o menor nível desde fevereiro de 2016 (87,8 pontos), informou nesta quarta-feira (28) a Fundação Getulio Vargas (FGV). 

Na métrica de médias móveis trimestrais, o índice registrou a primeira queda do ano ao declinar 0,4 ponto, atingindo 91 pontos.

Assim como Temer, prefeitos das capitais do Sul enfrentam problemas com "herança maldita"

A prefeitura de Porto Alegre infomou hoje que vai parcelar o pagamento dos salários de junho dos servidores que ultrapassam R$ 10,6 mil. Quem receber acima desse valor, ou 5% do número de servidores da administração direta, terá a diferença a partir de R$ 10,6 mil até o vencimento integral pago no dia 4 de julho.

Nesta sexta-feira, 95% do quadro da administração direta, que totaliza quase 12,5 mil funcionários, recebem os valores completos. O prefeito Marchezan Jr alega que recebeu a prefeitura quebrada com o caixa no vermelho e conseguiu pagar todas as contas em dia até este mês de junho.

Em Florianópolis o prefeito Gean Loureiro também tem o mesmo problema para não pagar as contas de serviços essências como o telefone e por isso escolas, creches e até do gabinete do prefeito de Floripa, umas das cinco cidades mais turísticas do Brasil, estão com os telefones e a internet sem funcionar.

Ontem, os vereadores da capital paranaense aprovaram os quatro principais projetos do ajuste fiscal de Curitiba em segundo turno. Agora, as proposições seguem para a sanção do prefeito Rafael Greca. A Câmara já havia aprovado na segunda-feira, em primeira discussão, os quatro temas principais e de maior repercussão entre os servidores: o aumento da contribuição previdenciária e a retirada de R$ 600 milhões do IPMC (Instituto da Previdência Municipal), a suspensão do plano de cargos e salários e alteração da data-base dos servidores, a renegociação da dívida e a criação de uma lei de responsabilidade municipal.

Sérgio Moro avisa: "Vaccari continuará preso em Curitiba !"

O juiz Sérgio Moro não cumpriu o alvará de soltura do tesoureiro do PT, Vaccari Neto, absolvido ontem pelo TRF4, Porto Alegre, que julgou recurso do petista num dos processos ajuizados contra ele.

Acontece que Vaccari deve continuar preso por estar condenado em outros processos que o próprio Sérgio Moro julgou.

Vaccari já ficou mais de dois anos preso e vai apodrecer na cadeia, a menos que entregue Lula, Dilma e o PT.

Fachin decidiu mandar diretamente para a Câmara a denúnncia contra Temer

O ministro Edson Fachin, relator relator da denúncia de corrupção passiva contra Michel Temer no Supremo Tribunal Federal,  decidiu nesta quarta-feira, enviar diretamente para a Câmara dos Deputados a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sem estabelecer o prazo para a defesa prévia de Temer no STF. Para Fachin, a defesa política do peemedebista tem que ser feita na Câmara, e a jurídica apenas depois no STF

O envio será feito pela presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia.

Artigo, Astor Wartchow - Vide Bula

- Advogado, RS.

Insisto e prossigo no tema acerca do gigantismo do estado brasileiro. Dia após dia, somos brindados com exemplos negativos do intervencionismo e do dirigismo estatal.

Não suficiente, a nação também é prisioneira de um sistema legal-tributário extorsivo.  Mais: não bastasse o intervencionismo, o dirigismo, o aparato legislativo e a extorsão tributária, a contrapartida recebida é miserável, sinônimo de burocracia, incompetência, desperdício e corrupção.

Mas há algo mais perturbador. Parcela expressiva e passiva da sociedade e outra parcela “seduzida” com “vales e bolsas”, ignoram a dimensão do equívoco dito ideológico.

Mas, a obsessão estatizante será ideológica no sentido político ou reflexo de fraquezas humanas, como o medo, a inveja, impotência, entre outras?

CLIQUE AQUI para ler mais.

Dólar cai 0,49%; Bolsa opera em alta

O dólar comercial operava em queda e a Bolsa subia nesta quarta-feira. Por volta das 14h20, a moeda norte-americana se desvalorizava 0,49%, a R$ 3,302. 

No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,33%, a 61.881,91 pontos.

Assassinato de Allyson, 24 anos, revolta e indigna Porto Alegre

O brutal assassinato de Allyson demonstra o drama que é viver em Porto Alegre. Falta polícia, a polícia está mal equipada, os presídios estão abarrotados e crimes como os de roubo de carros não são atacados na raiz (tolerância zero com desmanches e cerco eletrônico efetivo da cidade).

A família de Allyson Rodrigues Fernandes, 24 anos, está revoltada com a morte do jovem gaúcho, que foi assassinado a tiros na frente da namorada, no bairro Rubem Berta, na Zona Norte de Porto Alegre, na noite de terça-feira.

"Estamos revoltados. Queremos justiça", disse aos jornalistas a prima dele, Danielle Fernandes. 

Porto Alegre toda está revoltada, incomodada, inconformada com a pouca ação do governo e com a covardia da população e seus deputados, incapazes de resolver a crise fiscal e permitir a retomada dos investimentos e aplicações na segurança pública. 

Os pais de Allyson são separados e ele morou com a avó paterna até os 19 anos.

CLIQUE AQUI para saber mais.

Governo propõe crédito extra de R$ 102 mi para regularizar emissão de passaportes

O Ministério do Planejamento informou no início da tarde desta quarta-feira, que o governo federal vai pedir ao Congresso Nacional autorização para um crédito suplementar de R$ 102,4 milhões com o objetivo de regularizar a emissão de passaportes. Nesta terça-feira, a Polícia Federal anunciou a suspensão das emissões do documento por falta de orçamento.

Em nota, o Planejamento afirmou que o projeto de lei pedindo a abertura do crédito extra será encaminhado nesta quarta-feira ao Congresso, conforme a Coluna do Estadão informou mais cedo. O recurso será destinado ao Ministério da Justiça e Cidadania, ao qual a PF é vinculada.

Renan cai fora da liderança do PMDB

Depois de trair por repetidas vezes o governo que deveria apoiar como líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros decidiu sair do cargo.

Se não fizesse isto, seria posto para fora.

Marcelo Aiquel - Os rotos falando dos esfarrapados

Eu realmente tenho me impressionado muito (negativamente, é óbvio) com a avalanche de pessoas que começaram – sim, começaram, de uma hora para outra – a vestirem o “manto” da decência e se tornaram – também de uma hora para outra – as vestais da seriedade.
        
Gente que votou no Temer (ele que era o vice na chapa da ANTA, e foi escolhido por estes agora críticos ferrenhos do governo), gente que deu seu aval ao PMDB corrupto – ou ele não era assim, antes? – e hoje brada pela sua renúncia geral.
        
Com que moral?
        
Ah, com a mesma falsa moral do senhor Procurador Geral da República?
        
Ele, que há poucos meses atrás, “fez vistas grossas” a outra gravação envolvendo a então presidente 

Dilma. Por que esta “seletividade” de moral?

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Rio Grande do Sul registou mais três mortes por gripe este ano

Agora são 20 mortes por gripe desde janeiro. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual da Saúde.

Cai taxa de desemprego na Grande Porto Alegre, constatam FEEE, FGTS e Dieese

 O índice de desemprego recuou de 11,3% em abril para 11,1% em maio na região metropolitana de Porto Alegre. No mês passado, cinco mil pessoas a mais passaram a buscar emprego, enquanto oito mil vagas foram criadas.

Os números são resultado da pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela Fundação de Economia e Estatística (FEE), pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) e pelo Dieese.

Existe 1,81 milhão de pessoas buscando emprego na Região Metropolitana. GE

Ao todo, havia 1,601 milhão de empregados na Grande Porto Alegre em maio:

Indústria de transformação: 242 mil empregados
Construção: 122 mil empregados
Automotores e motocicletas: 337 mil empregados
Serviços: 876 mil empregados.

STF retoma hoje julgamento sobre a validade das delações da JBS

Sete ministros já votaram por manter Fachin como relator; 4 ainda vão votar.

Ação armada contra o STF precede protestos de rua, esta tarde, na Venezuela.

A oposição venezuelana convocou um novo protesto nesta quarta-feira, um dia após um ataque de helicóptero contra a Suprema Corte e o Ministério do Interior, em mais um capítulo da perigosa escalada da violência que o país enfrenta.

Na terça-feira (27), um helicóptero roubado da polícia fez disparos e lançou granadas durante uma ação, que foi considerada pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, como “terrorista” e “golpista”. Ninguém ficou ferido na ação.

Granadas foram lançadas contra a sede da Suprema Corte, onde estavam reunidos magistrados e foram disparados 15 tiros contra a sede do Ministério do Interior, onde várias pessoas assistiam a um evento social, de acordo com a Reuters.

A oposição convoca os manifestantes a impedir a circulação em ruas e avenidas entre meio-dia e 16h (13h e 17, no Brasil).

Temer fez troca-troca com Força Sindical e UGT

O presidente Michel Temer acertou o seguinte com a Força Sindical e a UGT, tudo em troca de desembarcarem da greve geral da CUT, prevista para esta sexta, e para fazerem corpo mole no Congresso:

- O imposto sindical cairá na reforma trabalhista, em votação prevista para esta tarde na CCJ do Senado, mas voltará na forma de MP.

Força Sindical e UGT não sobreviverão sem o imposto sindical.

Elevado superavit do comércio exterior garante ganhos nas transações correntes de maio

O saldo em transações correntes foi superavitário em US$ 2,9 bilhões em maio, segundo divulgado ontem pelo Banco Central, indicando a continuidade do ajuste das contas externas. Mais uma vez, isto aconteceu devido ao forte superávit da balança comercial (US$ 7,4 bilhões), impulsionado pelo avanço das exportações. 

O déficit em serviços, de US$ 2,5 bilhões, ficou em patamar semelhante ao registrado em maio de 2016. Na conta financeira, os Investimentos Diretos no País (IDP) mostraram entrada líquida de US$ 2,9 bilhões, montante inferior ao recebido nos últimos meses, acumulando saldo positivo de US$ 81,5 bilhões nos últimos doze meses. Além disso, houve entrada líquida de US$ 802 milhões em ações, ao passo que a rubrica de renda fixa no país apresentou saídas liquidas de US$ 3,2 bilhões. 

A balança comercial seguirá contribuindo positivamente com o saldo em transações correntes. Ainda que as importações se recuperem, as exportações têm se mostrado bastante fortes, o que deve compensar tal efeito. Assim, o déficit externo em 2017 deverá ficar em torno de 0,8% do PIB, sendo facilmente financiado pelos ingressos de Investimento Direto no País

Artigo, Tito Guarniere - Brasil, campeão mundial de ações trabalhistas

Há certas estatísticas das quais se deve desconfiar. Mas elas ganham foro de verdade, se divulgadas por um ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso. Em evento de março, em Londres, ele revelou que o Brasil, tendo apenas 3% da população mundial, concentra 98% das ações trabalhistas do planeta. É estarrecedor. Já sabíamos que a cada ano três milhões de trabalhadores brasileiros ingressam com novas ações nos juizados trabalhistas do país.

Há alguma coisa de irremediavelmente distorcido nesse dado. Se você perguntar a um procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT) a causa de tantas ações, ele terá a resposta na ponta da língua: a culpa é dos patrões, que não cumprem as obrigações trabalhistas. Não, definitivamente isso não explica tudo e nem é tão simples. Patrões no Brasil e no mundo querem pagar o menor salário e o menos possível de encargos sociais. Na exata e mesma medida que trabalhadores querem ganhar o máximo, trabalhando o mínimo.

Há um conjunto de razões particulares, só existentes no Brasil, que provocam a distorção.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Gaúcho Jones Martins é o mais cotado para posição de relator do pedido de abertura de ação contra Temer

O deputado Jones Martins, PMDB do RS, é o nome mais cotado para a posição de relator do pedido de autorização para processar Michel Temer, que terá que passar pela CCJ da Câmara.

Ele é terceiro suplente.

Sua base eleitoral é Gravataí.

Jones Martins é homem ligadíssimo ao ministro Eliseu Padilha.

Índice de confiança da indústria recuou em junho

A queda foi puxada principalmente pela retração das expectativas.

Em linha com o resultado preliminar, os dados divulgados há pouco pela FGV confirmaram a queda do índice confiança da indústria em junho. O recuo do indicador, que passou de 92,3 para 89,5 pontos entre maio e junho, foi explicado principalmente pelo desempenho do componente de expectativas, que caiu 3,6 pontos no período. O componente de situação atual, de forma mais moderada, também mostrou retração de 89,0 para 87,0 pontos. O nível de utilização da capacidade instalada, por sua vez, caiu de 74,7% para 74,2%. 

Esta moderação apontada pelos indicadores de confiança em junho reforça a expectativa de que a retomada da economia acontecerá de forma gradual ao longo deste ano, com retração do PIB ainda projetada para o segundo trimestre.

Ricardo Molina contesta relatório da PF sobre grampo aplicado por Joesley

O advogado Gustavo Bonini Guedes e o perito Ricardo Molina, contratado pela defesa, convocaram coletiva de imprensa para a noite desta terça-feira, em Brasília. Molina viajou de Campinas (SP) apenas para fazer uma nova apresentação com Powerpoint questionando o trabalho da Polícia Federal.

O que ele disse:

PF não respondeu as questões da defesa - O  Instituto Nacional de Criminalística, da PF, ignorou questionamentos sobre a gravação enviados por ele e deferidos pelo relator do inquérito no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin. Segundo Molina, os peritos que assinam o laudo da PF responderam apenas às perguntas da acusação e do advogado Antonio Cláudio Mariz de Oliveira, que lidera a defesa. Eles não responderam meus quesitos porque não quiseram sair da zona de conforto. Eram incômodos e não davam espaço para subterfúgios. A perícia é inconclusiva. Eles falam que tudo é ‘plausível’, ‘compatível’
Tempo perdido - O perito calcula que, de 28 minutos de conversa efetiva entre Temer e Joesley, cerca de 6 minutos e 18 segundos foram perdidos pelas interrupções.

CLIQUE AQUI para saber mais razões.

Assembléia gaúcha continua fugindo do ajuste fiscal e só aprova dois dos 11 projetos enviados por Sartori no início do ano.

Os deputados estaduais impedem o ajuste fiscal e com isto homologam o prosseguimento dos atrasos salariais, a continuidade dos maus serviços públicos e a a falta de dinheiro para investir na infraestrutura.

Avançaram pouco as discussões de projetos do pacote de ajuste fiscal proposto pelo Piratini. Os deputados fogem das discussões principais, como a questão das privatizações de estatais, condição fundamental para que o governo repactue sua dívida com a União e saia do sufoco, retomando os pagamentos em dia dos salários, melhorando a qualidade dos serviços públicos e inflando investimentos na infraestrutura.

Apenas dois dos 11  projetos do pacote foram votados — ambos aprovados pela Casa — nesta terça-feira.

- PLC 243/2016, que proíbe averbação da licença especial em dobro para policias militares, foi aprovado por 32 votos a 16.  A mudança no projeto também reduziu para 20 anos o tempo efetivo de serviço para policiais mulheres passarem à reserva. Souza prometeu que o governo vai enviar nova proposta para ajustar imperfeições no projeto aprovado nesta terça.
- PL 268/2016, que altera as leis sobre Taxas de Serviços Diversos e a que dispõe sobre a organização do Sistema Estadual de Proteção Ambiental. O texto foi aprovado com 42 votos favoráveis e cinco contrários.


A sessão foi encerrada antes da apreciação da PEC que altera o conceito de tempo de serviço pelo de contribuição na Constituição Estadual por falta de quórum. O projeto poderá ser votado na próxima terça-feira.

PF suspende emissão de passaportes

Alegando falta de dinheiro, a Polícia Federal suspendeu a emissão de passaportes em todo o País.

E?

Depois de 21 anos, EUA reabrem consulado em Porto Alegre

Vistos podem ser concedidos, agora, em Porto Alegre.

Depois de 21 anos, os serviços consulares americanos estão novamente à disposição dos gaúchos. A cerimônia de inauguração da nova sede foi marcada pela presença do embaixador americano no Brasil, Peter Michael McKinley, além da participação do governador José Ivo Sartori e do prefeito Nelson Marchezan Júnior.

A principal responsável pelo consulado americano em Porto Alegre é a diplomata Julia Harlan.

Raquel Dodge, a preferida do governo, sai na lista tríplice para a escolha do sucessor de Janot na PGR

Michel Temer não precisa seguir a ordem da lista tríplice e pode atpé rejeitá-la, escolhendo outro nome, mas ele nomeará Raquel Dodge.

O vice-procurador Eleitoral, Nicolao Dino, irmão do governador comunista do Maranhão,  foi o candidato mais votado hoje pelos membros do Ministério Público em todo país para suceder Rodrigo Janot no comando da Procuradoria-Geral da República (PGR) a partir de 17 de setembro.

Dino, 621 votos
Raquel Dodge, 587 votos
Mauro Bonsaglia, 564 votos

Novo dia de sol e temperatura amena marcarão esta quarta-feira no RS

Porto Alegre, 8h30min, 14 graus

O sol aparece na maioria das regiões do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira, mas com aumento da nebulosidade. A temperatura seguirá acima da média desta época do ano, com máximas mais elevadas na Metade Norte do Estado.

Em Porto Alegre, o dia começou com temperatura em torno de 13ºC e a máxima pode chegar a 28ºC. 

CCJ vota hoje a Reforma Trabalhista

Vai hoje a voto na CCJ do Senado o relatório que aprova o Projeto de Lei 6.787, que tramita no Senado como PLC 38, no caso a Reforma Trabalhista.

O governo possui ampla maioria na Comissão de Constituição e Justiça.

O passo seguinte, o último, é a votação no plenário, agendada para a semana que vem. 

Cpers conclui hoje eleição da nova diretoria. 83,2 mil professores podem votar.

Termina hoje a eleição para a nova diretoria do Cpers, o poderoso, ultra-esquerdista e nervoso sindicato dos professores públicos estaduais gaúchos. Podem votar 83,2 mil professores.

Todas as chapas são de forte oposição aos governos federal, estadual e municipal, alinhadas  de uma ou de outra forma com PT, PCdoB, Psol ou PSTU.

Helena Aguiar Schurer, a atual presidente, disputa a reeleição contra outros três candidatos, inclusive Rejane Silva de Oliveira, ex-presidente, aposentada desde os 54 anos.

CLIQUE AQUI para ler análise de Percival Puggina sobre esta eleição.

Artigo, Estadão - Lula força eleição para escapar da cadeia

A bem da verdade, nem Lula está pensando em 2018. Seu único objetivo no momento é evitar a cadeia.

Para os propósitos de Lula, pouco importa se as pesquisas de intenção de voto que o colocam na frente dizem respeito a uma eleição que ainda está muito distante e apenas refletem a disposição de um eleitorado que ele sempre teve. O que interessa é ter à mão elementos que o ajudem a construir o discurso de perseguido político.

(...) 

Também interessa aos petistas reforçar a tese de que seus adversários são contrários a uma eventual antecipação das eleições presidenciais porque eles temem que Lula vença – e, mais uma vez, as pesquisas servem como ilustração dessa tese. Trata-se de uma grossa impostura. Deve-se impedir a antecipação das eleições presidenciais diretas não porque Lula possa ser favorito para vencê-las, mas apenas porque a medida contrariaria a Constituição.

(...)

Antes de mais nada, Lula aparece com 45% de rejeição – e não há notícia de que um candidato que sofra tamanha ojeriza consiga se eleger. Para piorar sua situação, a maior rejeição está no Sudeste, que concentra a maioria do eleitorado. Ali, nada menos que 55% dos eleitores disseram que não pretendem votar em Lula de jeito nenhum.

CLIQUE AQUI para ler toda a análise. 

TRF4 nega quatro pedidos de suspeição ajuizados contra Moro

A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) julgou hoje o mérito de mais quatro processos relativos à Operação Lava Jato. 

Foram negadas três exceções de suspeição contra o juiz federal Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, movidas pelas defesas de Antônio Palocci Filho, Eduardo Cosentino da Cunha e Branislav Kontic. O quarto processo, que se referia a um habeas corpus de Kontic requerendo o trancamento da ação penal, também teve o mérito negado.

Todos esses processos já haviam sido negados liminarmente em outubro do ano passado, tendo sido ratificados na sessão de hoje pelo colegiado. 

Jurídico do PTB avisa que denúncia da PGR contra Temer é legalmente imprestável. "E de baixa política", denuncia o Partido.

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, recebeu esta tardinha o parecer final do advogado e jurista gaúcho Luiz Francisco Corrêa Barbosa, que vem a ser secretário nacional de Assuntos Jurídicos do PTB, no qual fica claro que "a denúncia do Procurador Geral da República contra o presidente Michel Temer está apoiada em gravação ilícita de diálogo entre o Presidente da República e um empresário, dada como tendo sido feita em ação controlada, sem autorização do Supremo Tribunal Federal, ajustada com o Procurador-Geral". 

É a posição que adotará o PTB.
                                               
O Presidente Nacional do Partido Trabalhista Brasileiro – PTB, pediu  "avaliação da denúncia oferecida pelo Procurador-Geral da República em face do Presidente da República e outro, nos autos do Inquérito 4.483/DF do Supremo Tribunal Federal, pelo delito de corrupção passiva (CP, art. 317)".

Adverte Luiz Francisco Corrêa Barbosa:
   
-  Divulga-se que outras mais acusações criminais em face do Presidente da República, baseadas no mesmo fato e do que com ele se poderia correlacionar, em anunciado fatiamento, estariam por vir.
A questão é de raiz e óbvia conotação política.

CLIQUE AQUI para examinar todo o parecer, o que inclui a fundamentação legal.                

Jornal do Comércio troca Borges por Rosi Zomer na Direção Comercial.

O administrador Luiz Borges não é mais diretor Comercial do Jornal do Comércio, onde atuou por 20 anos. Ele foi desligado da empresa na última sexta-feira, 23, e quem assumiu o cargo foi a gerente Comercial Rosi Zomer, que atua no departamento desde 2003.

A absolvição de Vaccari Neto - TRF4 não aceita apenas delação como prova para condenação

No caso julgado hoje pelo TRF4 (leia nota a seguir) o desembargador Victor Laus acompanhou o desembargador Leandro Paulsen, que já havia proferido voto na sessão do início do mês, abordando o mesmo caso. O desembargador Gebran Neto foi voto vencido. Conforme Paulsen, o material probatório apresentado é insuficiente:

- A existência exclusiva de depoimentos prestados por colaboradores não é capaz de subsidiar a condenação de 15 anos de reclusão proferida em primeiro grau de jurisdição, uma vez que a Lei 12.850/13 reclama, para tanto, a existência de provas materiais de corroboração que, no caso concreto, existem quanto aos demais réus, mas não quanto a João Vaccari.

Laus, da mesma forma, entendeu que as colaborações não são suficientes para condenar o ex-tesoureiro: 

- Para mim, a prova ficou insuficiente. No âmbito desta ação penal, faltou a corroboração da palavra dos colaboradores.

Operação Lava Jato: TRF4, Porto Alegre, aumenta pena de Renato Duque

Renato Duque.

E absolve Vaccari por insuficiência de provas. Adir Assad teve a pena mantida e os empregados dele, Sônia Mariza e Dario Teixeira Alves Júnior, diminuída

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em julgamento realizado hoje, aumentou a pena do ex-diretor de serviços da Petrobras Renato de Souza Duque em 23 anos, manteve a pena do empresário Adir Assad, e diminuiu a pena de Sônia Mariza Branco e Dario Teixeira Alves Júnior. João Vacccari foi absolvido por falta de provas.

A 8ª Turma retomou hoje o julgamento dessa ação, que havia tido pedido de vista do desembargador federal Victor Luiz dos Santos Laus, em sessão realizada dia 6 de junho.

Renato Duque, foi dado provimento ao apelo do Ministério Público Federal (MPF) e a pena passou de 20 anos e 8 meses para 43 anos e 9 meses de reclusão. A turma aplicou o concurso material nos crimes de corrupção em vez de continuidade delitiva. No concurso material, os crimes de mesma natureza deixam de ser considerados como um só e passam a ser somados. Duque também foi condenado pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Temer acusa mudança de lado do braço-direito de Janot, Marcelo Miller.

Na fala que fez ainda há pouco, o presidente Michel Temer denunciou a migração do procurador Marcelo Miller (foto ao lado), da condição de braço-direito de Janot no caso da delação premiada da JBS,  para a condição do escritório dos advogados da própria JBS(o procurador teria acertado contrato por US$10 milhões, segundo assessores de Temer):

- Saiu de um, dia para o outro, com informações e ligações privilegiadas, sem cumprir quarentena. E da posição, ajudou a costurar os acordos de delação premiada, ganhando milhões.

As denúncias feitas por Temer já tinham repercutido na imprensa, mas Janot reagiu, dizendo que não havia nada ilegal. A decisão de Miller de deixar o Ministério Público Federal para migrar para a área privada, que pegou a todos no MPF de surpresa, veio a público em 6 de março, véspera da conversa entre Joesley Batista e Michel Temer, gravada pelo empresário, no Palácio do Jaburu, que deu origem à delação.

Miller passou a atuar no escritório Trench, Rossi &Watanabe Advogados, do Rio de Janeiro, contratado pela JBS para negociar a leniência, acordo na área cível complementar à delação.

O Conselho Nacional do MP nunca examinou o caso e a OAB, pelo menos até agora, não disse se o escritório violou ou não as regras de compliance.

Temer vê 'infâmia', afirma que não há provas e diz que denúncia é 'ficção'.

CLIQUE AQUI para ler as 64 páginas da denúncia da PGR e também o artigo no qual o jornalista Reinaldo Azevedo desconstrói a acusação.

O presidente disse ainda há pouco que sofreu 'ataque injurioso e indigno'. No pronunciamento, o presidente criticou o eventual fatiamento da denúncia. Para Temer, a estratégia de Rodrigo Janot visa "paralisar o país". E denunciou: "Ainda se fatiam as denúncias para provocar fatos semanais".

O presidente Michel Temer afirmou na tarde desta terça-feira que não há provas concretas na denúncia por corrupção passiva contra ele apresentada nesta segunda ao STF pela Procuradoria Geral da República. Segundo ele, a peça acusatória é uma "ficção".

Foi a primeira fala de Temer desde que a denúncia foi apresentada, na noite desta segunda. Ele fez o pronunciamento no Salão Leste do Palácio do Planalto. O presidente chegou ao local acompanhado de diversos ministros e parlamentares da base aliada, que se postaram de pé ao lado do presidente em sinal de apoio. Entre os parlamentares presentes ao pronunciamento do presidente estava Alceu Moreira (PMDB-RS), um dos cotados para ser indicado relator da denúncia contra Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Também compareceram, entre outros, os deputados Nelson Marquezelli (PTB-SP), Ricardo Izar (PP-SP), Jovair Arantes (PTB-GO), Darcísio Perondi (PMDB-RS), Hugo Motta (PMDB-PB), Mauro Pereira (PMDB-RS), Izalci Lucas.(PSDB-DF), Pedro Paulo (PMDB-RJ) e Alfredo Kaefer (PSL-PR), além do presidente do Conselho de Ética da Câmara, deputado Elmar Nascimento (DEM-BA).

Oi permite reativação de serviços dos clientes em tempo real

A partir de agora os clientes da Oi que regularizarem suas faturas podem religar seus serviços imediatamente. Como parte de seu processo de transformação digital, a Oi lança a funcionalidade “Religar Serviço” na área pré-logada do portal de atendimento Minha Oi. Com o Religar Serviço, depois de pagar a conta, o cliente pode reativar seus serviços na hora, sem ter que esperar o pagamento ser compensado e confirmado pela empresa.

Caso o pagamento da conta não seja constatado em sete dias úteis, o serviço será desligado novamente.

Para utilizar o Reativar Serviço, o cliente não precisa de login e senha, apenas necessita acessar a área pré-logada do site (www.oi.com.br/minha-oi).

Temer irá esta tarde para o ataque contra Janot

O presidente Michel Temer decidiu defender-se esta tarde das acusações feitas pela PF e por Rodrigo Janot.

Vai recrudescer.

A fala presidencial acontecerá a qualquer momento.

Opinião do editor - Assembléia terá tarde dramática para a definição do futuro do governo Sartori.

Quem assombra o povo gaúcho na Assembléia ?

Os eleitores precisarão marcar com letras de fogo os nomes dos deputados estaduais que se negarem a aprovar as propostas que permitirão repactuar a dívida com a União, liberando recursos imprescindíveis para colocar os salários dos servidores em dia, retomar os investimentos e melhorar a qualidade dos serviços públicos de segurança, educação e saúde.

Sem votos de parte das bancadas do PDT e do PTB, que são independentes, mesmo que toda a base marche unida, o governo terá dificuldade para aprovar as PECs em exame esta tarde. 

A situação para o governo Sartori é dramática, mas a intransigência da oposição e de franjas de deputados independentes e do próprio governo, tornará o cenário fiscal do governo estadual espantosamente sem solução. 

Sem repactuar a dívida com a União, o governo terá que desembolsar R$ 4 bilhões por ano e isto terá consequências desastrosas para os serviços públicos e para os servidores estaduais.

Nota do editor - O editor receberá informações e transmitirá tudo on line, tudo sobre a posição de cada deputado, esta tarde. Envie para polibioadolfobraga@gmail.com ou WhatsApp 51-98434.4403.

Saiba o que votará a Assembléia do RS nesta tarde

A base do governo Sartori está mesmo disposta a votar esta tarde as 11 propostas que integram o pacote fiscal que hiberna na Assembléia desde o início do ano.

Na reunião da Mesa Diretora, hoje, isto ficou claro.

O editor soube que pelo menos 8  propostas irão mesmo a voto e existe risco de aprovação para algumas delas.

O maior problema para o governo é a PEC que trata da extinção da ordem constitucional que manda fazer plebiscito para privatizar ou federalizar CEEE, CRM e Sulgás, porque Sartori depende disto para fechar o acordo de renegociação da dívida com a União. Sem esta renegociação, o atual governo estará sem alternativa para ajustar as contas provisoriamente e colocar os salários em dia, retomando investimentos represados.

CLIQUE AQUI para examinar a list das propostas que poderão ser votadas esta tarde.

Bolsonaro vem aí

Bolsonaro vem aí. Ele desembarcará quinta-feira no Salgado Filho,

Dilma alfineta Temer: "Ele é o único presidente denunciado por corrupção".

Ao lado, postagem feita ainda há pouco pela presidente expurgada Dilma Roussef.

Ela ousa adjetivar seu ex-vice-presidente e atual presidente, sem atentar para seu próprio círculo de giz caucasiano.

E esquece que Lula responde a cinco ações nas quais é acusado de corrupção, sem considerar os inquéritos em andamento.

Além de que a própria Dilma é investigada por corrupção.

E ?

Artigo, Estadão - Serenidade e responsabilidade

Seja qual for o grau de fragilidade do governo, nada justifica a manipulação da causa da moralidade e do combate à impunidade para barganhas políticas.

Diante da denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente Michel Temer, é mais que hora de as autoridades se aterem à Constituição Federal de 1988, em humilde obediência ao princípio da legalidade. Além do fiel cumprimento do procedimento constitucional previsto para esses casos, cada um dos Poderes deve ter muito em conta sua missão institucional e sua responsabilidade pelo futuro do País. As consequências da atuação de cada um dos Poderes, em especial do Legislativo e do Judiciário, transcendem em muito o destino pessoal de Michel Temer. 

Está em jogo o destino do País.

Faz-se necessária tal advertência, pois, como é evidente, o cenário político atual, com suas conhecidas instabilidades, é terreno fértil para oportunismos e protagonismos pouco comprometidos com o interesse nacional. Reveste-se, portanto, de especial importância a atuação serena e responsável de cada um dos Poderes.

A população está cansada de tanta corrupção e de tanta impunidade, desejando o quanto antes um País mais limpo, com ares mais puros na esfera pública e no setor privado. 

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Artigo, Denis Rosenfield, Zero Hora - O imponderável

O ganho temporal seria pequeno diante de um país que estaria lançado na incerteza.

O imponderável ronda, hoje, qualquer decisão política. As certezas são cada vez menores, dada a volatilidade da situação, com diferentes fatos sucedendo-se a uma velocidade assombrosa.

Não menor deles é a denúncia contra o presidente da República, por configurar um ato inédito na história republicana. Bastante grave é uma situação em que o mandatário mor da nação deve prestar contas ao Ministério Público, ao Supremo e à Câmara dos Deputados. Deverá bem explicar todas as acusações que pesam contra ele. Em caso de culpa, condenação; em caso de absolvição, inocência.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Colégio de Floripa adere sem restrições ao movimento Escola Sem Partido

O  CAP diz quais são os deveres dos professores. CLIQUE em cima da imagem para ampliar e ler melhor.

O Colégio Antônio Peixoto (CAP), Florianópolis, aderiu ao movimento Escola Sem Partido (ESP) de forma espontânea. Com apoio do corpo docente, funcionários administrativos, pais e alunos, foi afixado um cartaz com os deveres do professor na instituição de ensino.

A ação foi compartilhada na página do Escola Sem Partido e já gerou mais de 1,2 mil likes na postagem. 

O diretor do colégio, Marcelo Batista, que também é presidente do Sindicatos das Escolas Particulares de Santa Catarina (SINEPE-SC), é um entusiasta do movimento e já organizou palestras na cidade com o fundador do ESP, Miguel Nagib e com a professora Ana Campagnolo, conhecida por sua ação de danos morais contra sua orientadora de mestrado por coação e assédio moral em sala de aula.

Não é a primeira vez que o estabelecimento se posiciona contra a militância sindical do ensino. 

Reajuste gordo da Bolsa Família seráanunciado nesta quinta-feira

Foi adiado para quinta-feira o anúncio do reajuste do valor da Bolsa Família, calculado em 5m,5%, portanto acima da inflação.

Lula diz que Temer, corrupto, precisa renunciar e convocar eleições diretas

No caso de eleições diretas imediatas, Lula poderá concorrer. Caso vença, estará livre da cadeia e Moro não poderá pegá-lo.

Réu em 5 ações e prestes a ir para a cadeia como corrupto, o ex-presidente Lula defendeu, em entrevista concedida nesta manhã à Rádio Itatiaia, de Minas Gerais, eleições diretas "imediatamente":

- O ideal seria que o próprio Temer convocasse novas eleições, para que o Brasil pudesse conquistar a paz e a democracia que está precisando.

Sobre seu próprio caso (esta semana, o juiz Sérgio Moro poderá condenar Lula a 22 anos de cadeia no caso do triplex), Lula afirmou:

- Se vier uma decisão que não seja a minha inocência, eu quero dizer que não vale a pena você ser honesto neste país, e não vale a pena ser inocente.

3 mil servidores de 400 municípios participaram de encontros de orientação do TCE-RS

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) acaba de completar na cidade de Passo Fundo o ciclo de atividades do XIII Encontro Regional de Controle e Orientação (ERCO), evento direcionado aos gestores municipais, que busca esclarecer as atividades de controle e fiscalização externa e promover a prevenção de irregularidades na administração pública.

Foram 10 encontros. Eles começaram dia 28 de março em Porto Alegre e passaram por Santo Ângelo (6 de abril), Erechim (27 de abril), Frederico Westphalen (28 de abril), Pelotas (11 de maio), Santana do Livramento (12 de maio), Santa Cruz do Sul (25 de maio), Santa Maria (26 de maio) e Caxias do Sul (6 de junho).

Mais de 3 mil servidores de 400 municípios gaúchos participaram do ERCO.

CLIQUE AQUI para ler mais, inclusive declaração do presidente do TCE, Marco Peixoto.

Mercado ignora denúncias inconsistentes da PF e da PGR contra Temer

O relatório da Polícia Federal e a primeira denúncia do procurador Rodrigo Janot contra o presidente Michel Temer tiveram efeito zero sobre os humores do mercado financeiro.

11h

Dólar comercial, - 1,11%, R$ 3,3015
Bolsa - +0,02%, 62.073

O mercado achou inconsistente as duas peças acusatórias e aposta na defesa e na vitória do governo.

Médico americano falará nesta quarta sobre DST e câncer de mama invasivo, no Weinmann, Porto Alegre

Nesta quarta-feira, os Laboratórios Weinmann apresentarão em Porto Alegre o médico norte-americano David M. Hyams, que falará no Ciclo do Conhecimento, evento que abordará temas como DST e câncer de mama invasivo. O encontro, aberto à comunidade médica, acontecerá no restaurante Le Bistrot Gourmet a partir das 19h30.

Cirurgião oncológico de hospitais dos EUA, como o Eisenhower Medical Center, Desert Regional Medical Center e o John F. Kennedy Memorial Hospital, ambos na Califórnia, o médico convidado falará sobre exames genéticos de alta complexidade e o seu papel no tratamento do câncer de mama invasivo.

O Ciclo do Conhecimento contará com tradução simultânea e as vagas são limitadas. Inscrições por meio do e-mail weinmannrs@teleeventos.com.br ou pelo telefone 0800 878 0093. 

Clínica da Mão de Porto Alegre já funciona no Mãe de Deus Center

Com duas décadas de existência em Porto Alegre, a Clínica da Mão, de Paulo Henrique Ruschel, Milton Bernardes Pignataro, Celso Ricardo Folberg e Cristian Stein Borges, está desde o início do mês com nova sede em Porto Alegre. 

Agora chamada Clínica da Mão ao Cotovelo, funciona no Mãe de Deus Center.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre os serviços da Clínica da Mão.

Artigo, Milton Pires - Corrida contra o tempo

1. A parte petista da Lava Jato, comandada pelo Gordo Janot, quer derrubar Temer, mas a "qualidade da gravação" é ruim porque Joelvis & Jopresley não usaram as maletas do Renan.

2. A parte não petista quer prender Lula. Lula diz que eles são meninos, ganham dinheiro com a Lava Jato e são evangélicos fanáticos.

3. Lula quer ser candidato antes de ser preso.

4. O TRF-4 quer Lula condenado antes de setembro (para ele não ser candidato).

5. O Congresso quer ter certeza que não vai para cadeia para apoiar reformas e impedir queda do Temer.

6. Temer não pode garantir isso ao Congresso porque ele não é Lula e não "manda"na Quadrilha do STF e comprar o Congresso inteiro agora já está "fora de moda".

7. Turma da Av. Paulista não quer saber de nada disso e só quer “reformas”, andar de Uber, ler Rodrigo Constantino e votar no Partido NOVO para governar o Brasil pelo i-phone, porque a causa da crise são os funcionários públicos e os aposentados.

8. Psicopatas petistas que fazem cocô pelas ruas e incendeiam tudo, aguardam ordens de Lula para destruir o Brasil.

9. Lula confia que a Quadrilha do STF vai mantê-lo em liberdade (aliás, nesta parte, eu acho que ele tem toda razão).

CLIQUE AQUI para ler mais.

Brasileiros voaram mais em maio, mas apenas dentro do País

A demanda por voos domésticos avançou 2,6% na passagem de abril para maio, segundo dados divulgados ontem pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e dessazonalizados pelos economistas do Bradesco, conforme informações enviadas esta manhã ao editor.

No mesmo sentido, a oferta por voos domésticos apresentou alta de 4,3% na mesma base de comparação. 

Em ambas as séries, o desempenho de maio reverteu parcialmente a retração registrada em abril. Em relação ao mesmo mês de 2016, a demanda e a oferta doméstica cresceram respectivamente 2,2% e 2,9%, acumulando alta da demanda de 0,5% e queda de 0,5% da oferta nos primeiros cinco meses do ano. Para os voos internacionais, a demanda e a oferta mostraram retração de 2,3% e 0,1%, nessa ordem, também na série livre de efeitos sazonais. Na comparação com o mesmo período de 2016, a demanda e a oferta por voos internacionais mostraram, por sua vez, altas de 11,7% e 9,0%, respectivamente. Assim, entre janeiro e maio a demanda por voo internacional acumulou expansão de 11,1%, ao mesmo tempo em que a oferta subiu 6,3%. Para o restante do ano, a demanda por voos domésticos e internacionais deverá seguir positiva, acompanhando a melhora gradual da economia.

Índices de confiança do empresariado oscilam em junho

Após os índices de confiança do consumidor e da indústria terem recuado em junho, os dados das Sondagens do Comércio e da Construção, divulgados hoje pela FGV, apontaram comportamentos divergentes. O índice de confiança do comércio recuou 2,9 pontos entre maio e junho, atingindo 85,7 pontos. O movimento refletiu a queda dos componentes de situação atual, que passou de 82,9 para 79,6 pontos, e de expectativas, que recuou 2,4 pontos chegando a 92,4 pontos. Já o índice do setor de construção registrou discreta alta de 74,0 para 74,2 pontos, refletindo a melhora tanto do indicador de situação atual como do de expectativas. 

Essa moderação apontada pelos indicadores de confiança em junho reforça a expectativa de que a retomada da economia acontecerá de forma gradual ao longo deste ano, com retração do PIB ainda projetada para o segundo trimestre.

Salários de junho dos servidores do Executivo do RS serão de novo parcelados

Os salários dos servidores estaduais do Executivo serão de novo parcelados em junho. A primeira parcela será depositada nesta sexta-feira com valor pouco inferior a R$ 4 mil.

Gravação ? A montanha pariu um rato

CLIQUE AQUI para ler análise do laudo.

Nota desta manhã do jornalista Reinaldo Azevedo sobre o relatório da PF contra Temer:

Também a transcrição da fita da PF virou um caso clássico de montanha que pariu um rato. Então aquilo é o que se tem de mais forte para “provar” que o presidente tentou obstruir a investigação? É com aquilo que se vai depor um presidente da República?

A mistificação poderia ser mais modesta.


Até FHC vai concluir que “assim não pode, assim não dá”.

- Leia mais análises de reinaldo no blog do jornalista: http://www.redetv.uol.com.br/blog/reinaldo/

FHC e Lula tramam golpe contra a Constituição

FHC e Lula uniram-se mais uma vez, mas desta vez para golpear as Constiotuição. Ambos pregam a deposição pura e simples do presidente Michel Temer e a convocação de eleições diretas.

Nada que esteja insculpido na Constituição.

Já vigora lei que dá descontos para pagamento à vista

Foi sancionada ontem a lei que permite aos comerciantes diferenciar a cobrança de preços para pagamento à vista e a crédito. A mudança, que é prerrogativa do comerciante, ou seja, pode ou não ser adotada, havia sido proposta em dezembro do ano passado através de medida provisória, e já está em vigor desde então. Foi aprovada pelo Congresso e enviada para sanção do presidente Michel Temer. Até agora, o comércio não tinha autorização legal para cobrar valores menores em preços à vista. Como os preços tinham que ser iguais, e a taxa média cobrada das operadoras de cartão é de 5%, os valores à vista acabavam sendo impactados. Um ponto foi adicionado à MP: que os comerciantes informem em local visível sua política de descontos. 

Segundo pesquisa da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), desde que a MP passou a valer, 3 em cada 10 micro e pequenos empresários de comércio e serviços, afirmaram que perceberam aumento nos pagamentos realizados à vista, de acordo com a CNDL.

Quaquá, Ali Babá, Lula e os 40 ladrões

O deputado Washington Quaquá, ontem, disse o seguinte sobre a sentença que Moroproferirá a qualquer momento, condenando Lula a 22 anos de cadeia no caso do triplex:


- Queremos, a partir do Rio de Janeiro, dizer em alto e bom som: condenar Lula sem provas é acabar de vez com a democracia! Se fizerem isso, se preparem! Não haverá mais respeito a nenhuma instituição e esse será o caminho para o confronto popular aberto nas ruas do Rio e do Brasil!

O motoboy de Ali Babá disse a mesma coisa que disse Quaquá antes da prisão dos 40 ladrões.

Foi bravata pura.

Todos tiveram as mãos decepadas por afiadas cimitarras.

Polícia Federal procurou grampos no STF

A Polícia Federal obedeceu ordem passada pela presidente Cármem Lúcia, que está com medo de grampos no STF.

Manuela relembra Lanceiros Negros

A deputada comunista Manuela D'Ávila ainda não esqueceu dos Lanceiros Negros.

Preste atenção: eles tentam enganar você !

Perondi diz o que acontecerá com a denúncia da PGR contra Temer: "Não passará na Câmara"

A denúncia feita ontem pela PGR contra Temer será encaminhada pelo STF para a Câmara dos Deputados. Ali, o caso irá diretamente para a Comissão de Constituição e Justiça, antes de seguir para o plenário, onde sairá a decisão de autorizar ou não a instauração do processo na Cote Suprema.

Esta manhã, o deputado gaúcho Darcisio Perondi, que integra a CCJ, disse ao editor que a denúncia é inconsistente e se baseia em provas obtidas de modo ilegal:

- Não passará.

A denúncia precisará de 342 votos, 2/3 da Câmara, para passar.

Fachin tira de Moro outra ação movida contra Lula e Lulinha

Nas redes sociais,êxitos empresariais de Lulinha são ironizados.

O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu retirar do juiz federal Sérgio Moro mais uma apuração relacionada ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A investigação é baseada nas delações de ex-executivos da Odebrecht. O caso também envolve um dos filhos de Lula, Luís Cláudio, que teria sido auxiliado pela construtora para desenvolver um campeonato no Brasil de futebol americano. Em troca, segundo os delatores, o ex-presidente trabalharia para aproximar a cúpula da Odebrecht da ex-presidente Dilma Rousseff.

Fachin aceitou argumento da defesa de que o caso não tem relação com as investigações sobre os desvios na Petrobras e, por isso, enviou a apuração para a Justiça Federal de São Paulo, estado onde teriam ocorrido as conversas.

Fachin já havia tirado de Moro e enviado para outras varas federais, em Brasília e em São Paulo, outras três apurações sobre Lula baseadas na delação da Odebrecht.

Procuradores escolhem hoje a lista tríplice para a sucessão de Janot. Temer não pretende obedecer o resultado.

Temer não é obrigado a escolher nenhum dos nomes e dá sinais de que não seguirá a ordem da lista.

Pelo menos 1,2 mil procuradores do Ministério Público Federal vão escolher em eleição nesta terça-feira  os nomes que farão parte da lista tríplice para o cargo de procurador-geral da República. O mandato do atual procurador-geral, Rodrigo Janot, termina no dia 17 de setembro.

A lista será enviada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (Anpr) para o presidente Michel Temer, a quem cabe a palavra final. 


Oito candidatos estão na disputa este ano: os subprocuradores-gerais da República Frederico Santos, Eitel Santiago, Ela Wiecko, Franklin da Costa, Mario Bonsaglia, Nicolao Dino, Raquel Dodge e Sandra Cureau.

Proposta de Sartori permite que credor troque precatório por dívida com o Estado

Foi protocolado ontem a tarde na Assembleia do RS o projeto de lei autorizando a compensação de precatórios por débitos inscritos na dívida ativa do Estado (aquela que o governo tem a receber). Assim,  precatoristas que também são devedores do Estado, poderão regularizar a sua situação, trocando a dívida pelo precatório. A autorização só vale para o  credor de precatório.

A proposta possibilita que o Estado reduza a conta dos precatórios, R$ 12,2 bilhões — e, ao mesmo tempo, que o devedor fique em dia com o governo.


Se o projeto for aprovado, 100% dos débitos inscritos na dívida ativa até 31 de dezembro de 2004 poderão ser compensados. O percentual cai para até 50% no caso dos débitos inscritos de 1º de janeiro de 2014 a 25 de março de 2015.

Assembléia do RS nega-se a acabar com a farra de cedências para sindicatos e que custam R$ 37,7 milhões anuais para os cofres públicos

CLIQUE AQUI para examinar a lista Top 10 dos sindicalistas que mais ganham sem trabalhar para a população que os paga mensalmente, ano após ano.

Uma das propostas que mais resistência encontra entre os deputados, alguns até da base do governo, é aquele que quer acabar com a vergonhosa cedência de servidores estaduais para sindicatos e entidades que movem campanhas virulentas contra todos os governos.

Dirigentes sindicais remunerados regiamente pelo Tesouro, perpetuam-se anos e anos nos sindicatos, sem trabalhar para o público que os remunera,

São dezenas e dezenas de casos. Eles custam R$ 37,7 milhões anuais para os cofres públicos, sem prestarem serviço ao povo que paga seus altos salários, alguns deles de mais de R$ 50 mil.

Cedência para sindicatos: a PEC 256/2016 elimina a remuneração, por parte do Estado, de servidores que não desempenham funções nas quais foram nomeados após concurso por estarem cedidos a entidades de classe. Situação: sem votação.

Governo Sartori tentará emplacar votação de 11 projetos do ajuste fiscal

Na reunião da Mesa, no final da manhã, o governo tentará emplacar a votação das propostas de ajuste.

O governo Sartori quer usar as três próximas sessões legislativas antes que os parlamentares entrem em recesso, em 17 de julho, para finalizar a votação do pacote de ajuste fiscal que tenta emplacar desde que assumiu. 

Há forte resistência corporativa e de seus aliados nas bancadas de esquerda e do PTB.


Dos 11 textos remanescentes do pacote de ajuste fiscal do início do governo, uma proposta de emenda à Constituição (PEC), aprovada em primeiro turno neste semestre — precisa passar por nova votação para aprovação definitiva.

CLIQUE AQUI para saber o que contém cada uma das 11 propostas.

Dólar não se mexe diante do assédio do STF,PGR e PF sobre o governo Temer

O Correio do Povo potencializa em manchete o cerco de Janot sobre Temer.

O assédio da PGR (Rodrigo Janot) sobre o presidente Michel Temer, mais intenso ontem, não foi capaz de mexer com os nervos do mercado, o que explica por que razão o dólar renovou diversas mínimas nesta segunda-feira, seguindo o movimento de realização de lucros que foi induzido pelo ambiente externo, enquanto os investidores aguardam por novidades no cenário político. 

Os fundamentos mais sólidos da economia (inflação em queda e retomada da economia) parecem conter nervosismos que seriam normais diante do turvo cenário decorrente das ações do STF, PGR e Polícia Federal sobre o governo e seus aliados.

A moeda norte-americana testou o suporte dos R$ 3,30, tocando o patamar dos R$ 3,29.

Dia será de sol com nuvens e temperatura de verão no RS

Porto Alegre, 8h30min, 14 graus

Sol e nuvens caracterizaram o tempo esta manhã no RS. Durante esta terça-feira, a temperatura será mais quente, com marcas agradáveis.

Em Porto Alegre, o dia começou com temperatura em torno de 10ºC e a máxima pode chegar a 27ºC. No Litoral Norte, em Torres, os termômetros devem marcar mínima de 12ºC, enquanto a maior marca ficará nos 21ºC. Na mesma região, em Capão da Canoa, a menor temperatura ficará em 12ºC para no período da tarde chegar aos 21ºC. A cidade de São José dos Ausentes vai começar o dia com 4ºC, enquanto a máxima irá aos 22ºC. Na Fronteira Oeste, Santana do Livramento terá 11ºC pela manhã e 25ºC no período da tarde.

Temer combaterá perícia da PF que reconhece 294 "descontinuidades"

A Polícia Federal admitiu que encontrou 294 "descontinuidades" no grampo aplicado traiçoeiramente por Joesley Batista contra Temer, tudo feito de modo dirigido e na calada da noite.

Segundo a PF, foi tudo falha do próprio gravador.

Há controvérsia evidente.

O presidente, que já tinha contratado perícia antecipadamente, na qual foram encontradas manipulações, voltará à carga com novas perícias.

CLIQUE AQUI para ler o inconsistente relatório da PF.Vale a pena examinar a longa construção.

STF não conseguirá autorização da Câmara para processar Temer

O STF só poderá julgar o presidente Michel Temer se 2/3 da Câmara autorizarem. Isto, hoje, é inviável, já que o governo possui ampla maioria no Legislativo.

CLIQUE AQUI para conhecer cada passo do pedido de autorização que fará o STF.

Janot protocola no STF denúncia por corrupção passiva contra Temer

CLIQUE AQUI para ler a denúncia completa assinada por Janot.

CLIQUE AQUI para ler, também, a íntegra 
do relatório da PF sobre a gravação Joesley x Temer.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta segunda-feira uma denúncia contra o presidente Michel Temer e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

Com a denúncia, fica formalizada a acusação contra Temer, que será julgada pelo Supremo se Câmara dos Deputados autorizar.

O crime de corrupção passiva é definido no Código Penal como o ato de "solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem", com pena de 2 a 12 anos de prisão e multa, em caso de condenação.

A acusação preparada por Janot se baseia nas investigações abertas a partir das delações de executivos da JBS no âmbito da Operação Lava Jato.

CLIQUE AQUI para conhecer mais detalhes.

Artigo, Geraldo Samor, Brazil Journal - Jeff Bezos: como lucrar com jornalismo

Ao participar ontem de uma conferência sobre o futuro dos jornais, Jeff Bezos falou sobre o negócio da notícia, mas muitas de suas visões se aplicam a qualquer outro negócio.

Como se sabe, além de praticamente inventar o e-commerce com a Amazon, Bezos comprou o The Washington Post por US$ 250 milhões quatro anos atrás — e o jornal, antes moribundo, está bombando.

Os comentários abaixo foram organizados e reproduzidos pelo repórter Matt Rosoff, da CNBC, que estava presente ao evento, na Itália.

Foque nos leitores, não nos anunciantes.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Reforma Trabalhista será aprovada por 16 x 10 na CCJ do Senado

O relator da reforma trabalhista no Senado, Ricardo Ferraço (PSDB-CE), afirmou nesta segunda-feira que a proposta deve ser aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa por 16 votos a 10.

A Comissão deve apreciar na próxima quarta-feira o relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR), que confirma o parecer feito por Ferraço ao projeto e que deve ser encaminhado para o plenário.

No plenário, o governo tem votos para aprovar tudo.

Saiba quem são os juízes "linha dura" que esperam por Lula em Porto Alegre

Nesta reportagem da Folha "Juízes "linha dura" são revisores de Moro), dá para imaginar o que acontecerá com Lula quando ele recorrer da condenação que será imposta em Curitiba. A Folha apresenta os três desembargadores federais da Oitrava Turma, a Turma da Lava Jato.

Quase metade das penas dadas por Moro foram elevadas na segunda instância, algumas delas em mais de dez anos. Na quarta-feira (21), o processo contra o ex-sócio da Engevix, Gerson de Mello Almada, chegou à sala de julgamentos da turma com uma condenação a 19 anos de reclusão. Saiu com uma pena de 34 anos e vinte dias.

Antes mesmo de o STF (Supremo Tribunal Federal) definir que réus podem ser presos em segunda instância, a oitava turma já determinava a execução das penas de pessoas que condenavam.

CLIQUE AQUI para ser apresentado aos três desembargadores da Oitava turma.