sábado, 27 de agosto de 2016

Senadores mal quiseram ouvir a última testemunha de Dilma

Após ouvir cinco depoimentos de testemunhas e informantes da defesa, o julgamento final do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff entrou hoje no seu terceiro dia com os depoimentos do ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa, que falou durante longas 10 horas.

Esta noite, foi a vez da última testemunha, o  professor de direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) Ricardo Lodi Ribeiro.

Nem mesmo os senadores da oposição mostraram interesse em oujvir o professor Lodi e com isto os questionamentos encerraram há pouco, 21h59min.

Ao final, defesa e acusação farão suas perguntas e a sessão será encerrada.

Tudo reabrirá na segunda-feira, 9h, com a fala de Dilma, que irá defender-se e depois será julgada e posta para fora do governo por ter cometido crimes contra a administração pública.

46 senadores já se inscreveram para questionar Dilma na segunda-feira

A presidente afastada Dilma Roussef passou o sábado fazendo midia training para a fala que fará segunda-feira as 9h.

Ela fará seu discurso de defesa, que na verdade será um discurso de despedida, porque o mais tardar na terça-feira será cassada e mandada embora sem direitos políticos.

Até esta noite, 46 senadores estavam inscritos para questionar Dilma.

A base governista prometeu maltratar a ex-presidente.

Lula ainda não decidiu se estará ao seu lado no Senado, porque tudo dependerá do que acontecer com ele até lá, já que poderá ser preso a qualquer momento por corrupção, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e formação de quadrilha.

Era fake a postagem de Marcelo Freixo sobre insegurança pública no RS

O editor postou durante a tarde, três posts atribuídos ao candidato do Psol à prefeitura do Rio, Marcelo Freixo, no qual ele se referia ao cenário atual da segurança pública do RS. O material veio de fonte confiável e por isto foi para a Web.

Acontece que advertido da falsificação do seu perfil, o que ocorreu pela ação do próprio candidato em postagens nas redes sociais, o editor retirou tudo da sua página.

E pede desculpas a Marcelo Freixo e aos leitores.

O incidente causou desconforto à auto-intitulada candidata psólica local, que não demorou a registrar o fato e ignorar o conteúdo das cobranças feitas pelo editor quanto à posição da sua campanha em relação ao cenário local da insegurança pública.

Pretinho Básico, Rádio Atlântida, diz que governo Sartori é "patético, fraco, omisso". E avisa: "Vinda da FSN é só um cala boca"

CLIQUE AQUI para ouvir a longa carta de Alexandre Fetter.


"Muita gente diz que a gente está em guerra, mas a gente não está em guerra, porque numa guerra morre gente dos dois lados, e no nosso caso só nós morremos, apenas os bons estão morrendo, já que o que há aqui é um massacre", diz a corajosa Carta Aberta divulgada pelo comunicador Alexandre Fetter ontem no programa Pretinho Básico, Rádio Atlântida, RBS.

A carta bomba nas redes sociais.

O editor já recebeu sete cópias diferentes no seu WhatsApp.

Alexandre Fetter bate até em colegas jornalistas:

- Eu tenho nojo dessas pessoas, colegas de profissão que trabalham do outro lado, criticando a Brigada e elogiando os bandidos. Espero que eles sejam as próximas vítimas e sejam enterrados.

Alexandre Fetter disse que a responsabilidade pela desordem nasce na academia, sobretudo nas faculdades de jornalismo, e nos Poderes, pela prática de ideais marxistas ultrapassados e derrotados

Mais adiante, o alvo é o governador:

- A figura patética do governador Sartori, pedindo agora o apoio da FSN, é um cala boca para nós. Ele age por espasmos, sem noção do que acontece à sua volta. Um governo de fachada, omisso, velho, mal assessorado por gente cretina. 

Ele também acusa a preguiça e má vontade dos homens públicos que não mudam as leis e não fazem o que devem fazer no Executivo, no Legislativo e no Judiciário.

- Vocês que sejam as próximas vítimas, eu espero. 

Sartori irrita-se de novo com cobrança por mais segurança no RS

O governador José Ivo Sartori foi aplaudido pelo público selecionado que o ouviu esta manhã na abertura da Expointer, Esteio, quando avisou que não foi ele quem criou a violência atual>:

- Posso dizer de coração que nós não criamos a violência que existe hoje no RS. Tenho certeza de que vamos trabalhar juntos para acabar com ela, custe o que custar.

É que pela primeira vez um governador gaúcho falou em recinto fechado, apenas para convidados.

O público ficou longe da solenidade.

No ano passado, Sartori foi vaiado quando discursou da tribuna de honra do evento.

Durante a fala e também depois, na coletiva de imprensa, o governador demonstrou irritação diante da cobrança de que demorou muito para entrar em ação. Ele não reconheceu isto, embora seja evidente que o governo atual não apenas demorou muito para agir, como além disto não foi capaz de fazer qualquer tipo de autocrítica.

A falta de recursos públicos para bancar a ação da área da segurança pública é herança direta do governo Tarso Genro, mas nem isto Sartori deixa esclarecido, o que aumenta a pressão sobre sua responsabilidade pessoal.

Multidões protestam na zona norte de Porto Alegre: "Paz, paz paz; Porto Alegre pede paz !"

Milhares de pessoas protestaram ainda há pouco na zona Norte de Porto Alegre. Pais, estudantes e professores se juntaram para se manifestar após a morte da representante comercial Cristine Fagundes, de 44, ocorrida na tarde da última quinta-feira, perto do Colégio Dom Bosco.

Vestidas de branco e munidos de cartazes que pediam paz e mais segurança, os manifestantes participaram de uma passeata que saiu da rua Marechal José Inácio da Silva, passou pela 4ª Delegacia de Polícia Civil, na rua Benjamin Constant, e retornou ao ponto de partida.

Os gritos da multidão refletiram a mesma consigna:

- Paz, paz,paz,  Porto Alegre pede paz.

Abalado, Lula diz que "nem nos piores momentos" esperava tal situação

A reportagem a seguir é dos jornalista Júnia Gama e Letícia Fernandes, O Globo de hoje. Leia tudo:

Pouco após ter sido indiciado pela Polícia Federal, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou em Brasília nesta sexta-feira para se encontrar com a presidente afastada, Dilma Rousseff. Na volta da visita, já prestes a embarcar de volta a São Paulo, o ex-presidente fez um desabafo a aliados:

– Nem nos piores momentos da minha vida eu imaginei que aconteceria o que está acontecendo hoje.


Lula debateu com Dilma a presença dela na sessão do julgamento do impeachment no Senado, marcada para a próxima segunda-feira, e fez uma avaliação negativa do que já ocorreu até agora. Segundo relatos, ele não tem expectativa de virada no impeachment e disse que, se algum voto mudar, será uma surpresa.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Ladrões roubam e espancam clientes no Supermercado Nacional da Encol, Porto Alegre

Sem se importar com gabinete de crise, força-tarefa e força nacional de segurança, os bandidos assaltaram há pouco o supermercado Nacional da avenida Nilo Peçanha.

Foi diante da praça da Encol.

Além de roubados, os clientes também apanharam.

Uma cliente conhecida do editor, que mandou a notícia por WhatsApp, levou um garrafada na cabeça.

Saiu suspirando aliviada por não ter tomado um tiro.

Brigadianos da reserva podem liberrar para as ruas um total de 500 policiais que estão nos escritórios

Vai não mão da urgência e eficácia a convocação de 580 policiais que estão na reserva par afazer o trabalho administrativo, colocando nas ruas os brigadianos retidos nos escritórios.,

Eles podem ser convocados de uma hora para a outra.

O presidente da Associação dos Oficiais da Brigada, coronel Marcelo Frota, sugere que isto seja feito até que os novos 580 brigadianos em treinamento não entrem em serviço.

- Os convocados recebem um terço do salário básico, mas são 580 homens a mais nas ruas, de imediato.

Já abriu sessão do impeachment deste sábado

TV Senado e Globonews transmitem tudo ao vivo.

Vai começar a falar o ex-ministro da Fazenda, Nelson Barbosa. O plenário do Senado registra vazios. A sessão do julgamento de Dilma abriu com pedido de juntada aos autos, de editoria do Le Monde, no qual é feita defesa da presidente afastada. Ricardo Lewandowsky mandou dar vistas à acusação.

O primeiro a fazer perguntas é o senador gaúcho Paulo Paim.

Os senadores governistas não querem fazer questionamentos porque querem ganhar tempo e mandar Dilma para casa com urgência.

"Segurança já", exige Zero Hora em editorial inédito de capa

O editor considera que a criação de uma força-tarefa para viabilizar de imediato a conclusão e abertura dos presídios de Canoas e Montenegro, proposta do desembargador Túlio Barbosa, precisa de acionamento imediato.

A edição deste final de semana do jornal Zero Hora, RBS, o mais influente e de maior circulação diária do RS, publica invulgar editorial de capa, intitulado "Segurança Já", no qual defende que os cidadãos gaúchos reajam como cidadãos, cobrando inflexivelmente dos gogvernantes e das autoridades que cumpram suas obrigações. Como ?

- Protejam a sociedade, punam efetivamente os bandidos, equipem a polícia, combatam o tráfico de drogas, construam presídios e sejam rigorosos na aplicação da justiça.

É um resumo perfeito para início de conversa.

Faltam alguns pontos importantes, de resultado imediato, como a exigência de que o governo pague salários em dia, adote soluções logísticas mais abrangentes, modernas e eficazes, forneça meios para a ação policial e trabalhe em regime de guerra permanente.

Os pontos de trabalho mais abrangentes, como a eliminação dos institutos de progressão de pena, precisam ser trabalhados também com urgência imediata.

O editorial também aborda outra questão da maior importância, que é "preservar vidas, interrompendo a escalada crescente de roubos e homicídios, com a presença da polícia das ruas".

Onde está o prefeito José Fortunati ? Ele não ouve o sofrimento do seu povo.

Onde está Fortunati ? Nem mesmo a imprensa ouve o inaudível silêncio do prefeito de Porto Alegre. 

Por onde anda o prefeito José Fortunati, que sumiu do noticiário depois que sua cidade virou paraíso dos ladrões e terra de assassinos frios, calculistas, implacáveis e desalmados ?

É em Porto Alegre que ocorrem as piores cenas de crimes da história do RS.

O prefeito dispõe do maior contingente de guardas municipais do RS - 430 -, segundo a lei poderia ter um efetivo de 3 mil, mas resolveu submergir no momento em que seus cidadãos mais sofrem com a insegurança pública.

Em outras épocas, o prefeito chegou a clamar por mais segurança e até pela vinda da Força Nacional de Segurança, mas depois calou para sempre.

O melhor programa deste final de semana é visitar a Expointer

Abrirá esta manhã, 10h30min, a 39a. Expointer, maior e mais importante feira do agro do RS. A abertura contará com a presença de cinco ministros, quase todos gaúchos, á exceção do ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

Não existe programa algum melhor do que visitar a Expointer neste final de semana.

CLIQUE no endereço a seguir para examinar toda a programação e todos os serviços, inclusive transporte:
http://www.expointer.rs.gov.br/inicial

RBS cria Editoria de Segurança

O grupo RBS demonstrou sabedoria, hoje, ao anunciar que resolveu criar uma Editoria de Segurança. Entregou a ediutoria para o experiente jornalista Carlos Etchichury.

É o que o leitor quer.

E o que o povo gaúcho precisa.

Mais gente engajada por mais segurança, forçará os governos a agirem mais.

Entenda como Renan Calheiros mudou o rumo das oitivas na sessão de ontem do Senado

Matreiro, o senador alagoano costuma dizer que prefere ser interpretado do que se explicar, mas suas manobras já não enganam mais ninguém. A foto ao lado é da Agência Brasil.

A mídia ainda deve boas explicações sobre o inesperado destempero do presidente do Senado, Renan Calheiros, ontem, no Senado, por ocasião do julgamento do imepachment.

São três as questões principais:

1) Renan desceu ao plenário para passar uma carraspana nos senadores e conseguir o resultado que queria, ou seja, pacificar os ânimos, já que depois do incidente as partes acordaram em cessar pedidos de questão de ordem e palavra pela ordem, ocasiões de maiores atritos ?
2) O senador de Alagoas quis deixar claro sua nova posição, desta vez contra Dilma e o PT, marcando posição favorável a Temer e abrindo caminho para seu voto pelo impeachment ?

As duas respostas merecem "sim, foi isto que aconteceu".

O que ainda não ficou claro é de que modo a Polícia Federal deixou de indiciar Gleise Hoffmann e seu marido, Paulo Bernardo, conforme revelou o senador na sua fala surpreendente, conforme vai a seguir:

“Ontem, a senadora Gleisi chegou ao cúmulo – chegou ao cúmulo – de dizer aqui para todo o país que o Senado Federal não tinha moral para julgar a presidenta da República. (...) Como uma senadora pode fazer uma declaração dessa? Exatamente, senhor presidente, uma senadora que, há 30 dias, o presidente do Senado Federal conseguiu, no Supremo Tribunal Federal, desfazer o seu indiciamento e do seu esposo que havia sido feito pela Polícia Federal".


PF, MPF e STF nada esclareceram, mas Renan tirou nota reafirmando o que disse e até detalhando seus pedidos. 

Procurador reage e nega ter livrado Dilma de pedaladas

O procurador Ivan Marx, que é gaúcho e atuou fortemente na chamada Operação Rodin, Porto Alegre, ironiza senadores e diz que 'não há necessidade de serem feitas ilações sobre seu pensamento'

A revista Veja conta em sua edição de hoje que o procurador da República Ivan Cláudio Marx reagiu nesta sexta-feira ao ser reiteradamente citado por petistas como a autoridade que supostamente eximiu a presidente afastada Dilma Rousseff de ter praticado as chamadas pedaladas fiscais. O nome de Marx foi invocado por parlamentares aliados à petista, em uma interpretação enviesada sobre o arquivamento de parte das investigações de um procedimento criminal, como mais uma tentativa de desqualificar a denúncia de que a presidente cometeu crime de responsabilidade. Diante das sucessivas invocações a seu nome, Marx disse que “está à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos aos senadores que decidirão o pedido de impeachment, não havendo necessidade de serem feitas ilações sobre seu pensamento”.

Leia mais:

Em julho, o procurador considerou que a equalização de taxas devidas ao BNDES referentes ao Programa de Sustentação dos Investimentos (PSI) não pode ser considerada uma operação de crédito e nem uma prática criminosa. Ainda assim, Marx afirmou que a prática tem indicativos de improbidade administrativa. “Conforme esclarecido no decorrer da investigação no inquérito civil, o objetivo da União nunca foi o de se financiar por meio do BNDES, do que é inclusive credor, mas sim o de maquiar o resultado fiscal”, afirmou o procurador Marx. “Essa maquiagem, muito embora não configure o crime referido, configura improbidade administrativa e a devida definição das responsabilidades segue sendo apurada no inquérito civil”, disse ele no despacho de julho.

 CLIQUE AQUI para ler mais.

Sessão do impeachment iniciará as 10h deste sábado

CLIQUE AQUI para ler "O epílogo", editorial da revista Istoé de hoje.

Não é previsto nenhum bate-boca para esta manhã. A base governista não fará perguntas porque quer ganhar tempo. Oposição e governistas combinaram não levantar mais questões de ordem e nem pedir a palavra pela ordem, a não ser muito excepcionalmente. 

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, acolheu pedido de José Eduardo Cardozo, advogado da presidente afasta Dilma Rousseff, e adiou dois depoimentos de testemunhas da defesa para este sábado, durante o julgamento final do impeachment no Senado. Ele também inverteu a ordem das oitivas.

A sessão começará as 10h.

O processo de impeachment seguirá na segunda-feira, 9h, com fala da própria Dilma no Senado. Ela será interpelada pelos senadores.

A votação final poderá acontecer durante a noite e varar a madrugada de terça-feira.

Dilma Roussef será cassada, terá que ir embora do Palácio Alvorada e seus direitos políticos serão suspensos por oito anos. 

Sábado será de céu azul, sol claro. Temperatura poderá chegar aos 35 graus.

Este sábado será quente no Rio Grande do Sul. O dia começouj com alguma bruma e céu azul, sol claro e temperatura alta, 17 graus. A temperatura máxima de hoje irá aos 35 graus, como previsto ontem a noite pelo Jornal Nacional. 

No Extremo Sul, há risco de chuva forte e risco de tempo. Na fronteira do Uruguai, há possibilidade de instabilidade isolada.

O sábado será quente em Porto Alegre com temperaturas oscilando entre 17°C e 35°C.

Beltrame propõe que governo Sartori pague em dia a Brigada e a Polícia Civil

Embora tenha rejeitado a possibilidade de assumir a vaga aberta de secretário da Segurança do RS, o gaúcho José Maria Beltrame, que é secretário da Segurança do Rio passou pelo menos este conselho correto para o governo Sartori:

- Paguem em dia a Brigada e a Polícia e voltem ao policiamento ostensivo maciço.

Ele acha que este é um dos motivos centrais da crise atual.

Conheça a agenda de protestos deste final de semana contra a insegurança pública no RS

Um grupo de manifestantes voltou a protestar por segurança, nesta sexta-feira, em frente à residência do governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, na zona Sul de Porto Alegre. 

O movimento, que é apartidário e criou um documento intitulado "segurança urgente- #reagecidadão", em que faz propostas e pede ações efetivas do governo contra aa insegurança. 

Nessa quinta, dois grupos, um da zona Norte e outro da zona Sul de Porto Alegre fizeram um "velório" simbólico do governo do Estado, com oito cruzes representando vítimas recentes da violência.

Outros protestos:

Sábado
Fim da manhã - Entorno do Colégio Dom Bosco
Fim de tarde - Serenata Iluminada, Parque da Redenção, na área central
Domingo
15h - Parque da Encol (os organizadores pedem roupa preta)

Homens da Força Nacional de Segurança começam a desembarcar amanhã no RS

Os 120 integrantes da Força Nacional de Segurança, que chegarão neste final de semana em Porto Alegre irão para a Operação Avante. Em nota oficial divulgada nesta sexta-feira, a BM informou que os policiais desenvolverão atividades ostensiva, ampliando, desta forma, as ações da operação na Capital.

Na próxima segunda-feira, a Brigada Militar irá realizar uma formatura de integração entre os efetivos, em data e local a serem definidos posteriormente. Além deles, outros 30 homens da Força Nacional de Segurança devem ser enviados nos próximos dias, conforme informação repassada pelo ministério da Justiça ao governo gaúcho. O Piratini também espera mais 50 até o fim do ano.

O grupo de policiais permanecerá no Rio Grande do Sul por tempo indeterminado. 

Os reforços na segurança ocorrerão principalmente em Porto Alegre e na região Metropolitana.

Festival de Gramado começa com gritos de "Fora, Temer" e "Mora, Temer"

Aos gritos de "Fora, Temer" e até um "Morre, Temer", tudo por conta de renegados sociais e ativistas do meio artístico que costumavam bater nas portas dos fartos cofres públicos dos governos petistas, abriu ontem, como se previa, o Festival de Cinema de Gramado, evento promovido e pago pelos governos Temer e seus aliados do RS, Ivo Sartori, e de Gramado, Nestor Tissot, respectivamente do PMDB e PP, que são os que pagam as passagens, hospedagens e até comida dos artistas que os admoestam publicamente.

A mostra abriu com a exibição de Aquarius, do diretor Klebger Mendonça Filho, que não está na disputa.

Pouco antes, Sonia Braga, foto, foi homenageada com o troféu Oscarito. A entrega foi feita pçor Bruno Barreto.Ambos são admiradores de Lula e Dilma, dos quais sempre receberam atenção especial.

Pesquisa mostra Hillary com 41%, contra 36% de Donald Trump

Pesquisa da Reunters/Ipsos mostra Hillary com 41%, contra 36% de Donald Trump. Há duas semanas, Hillary chegou a estar 12 pontos à frente.

Aparece mais um apartamento de Lula

O repórter da revista Istoé, Pedro Marcondes de Moura, informa hoje que a Polícia Federal indiciou o ex-presidente e dona Marisa por corrupção, lavagem de dinheiro e falsiidade ideológica no caso do tríplex no Guarujá, mas que as investigações continuam e documentos da Lava Jato mostram a existência de outro imóvel da Bancoop em nome do casal.

Lula esconde os imóveis para manter sua marca de "pais dos pobres".

Leia tudo:

Encrencado Procuradores e promotores chegam a mais um imóvel desconhecido de Lula

Na sexta-feira 26, a Polícia Federal indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ex-primeira-dama Marisa Letícia pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica no caso do tríplex. Eles estão mais próximos de se tornarem réus na Justiça. E, em breve, devem enfrentar outro problema. Ao aprofundarem as investigações contra o casal, a força-tarefa da Operação Lava Jato e o Ministério Público de São Paulo se depararam com novas suspeitas. Arquivos apreendidos em um disco rígido na sede da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop), obtidos por ISTOÉ, trazem à tona novos segredos do clã Lula. Ao contrário do que se imaginava, eles possuem dois e não apenas um imóvel construído pela entidade.

CLIQUE AQUI para saber mais.